aviso, eu estou.

por tam

há tempos não escrevo aqui. na verdade, valeria generalizar, porque há tempos não escrevo. e ponto. o caderno, as folhas avulsas, o blog. não tenho escrito. algo me bloqueia.

a rotina me explodiu. precisei de uns meses para começar a reerguer. fui pisoteada pela vida. quando dei por mim a sensação de ‘não aguentar mais’ havia se concretizado.

vou me corrigir de novo: eu escrevi pouco. para não dizer que não escrevi nada, arrisquei algumas elucidações após ler ‘a rebelião das massas’. o mundo, as possibilidades, a vida possível e a vida efetiva. qualquer dia compartilho por aqui.

reitero a convicção de que para se viver neste Mundo é necessário talento. algo inato. que, evidentemente, não possuo. e assim vamos andando. entre o difícil e o quase-impossível. ou esta é apenas a percepção da mente.

provavelmente, as coisas devem ser mais fáceis… e isso não me importa.

no fim das contas, estou tentando ser. mas, pelo menos e dessa vez, eu estou.