do tempo

por tam

faz bons anos que não escrevo sobre você. eu realmente não tenho o que escrever sobre você. é louco como funciona a vida. e o coração. aos poucos, no meu caso lentamente, superamos as dores. e então, subitamente, eu não lembrava mais de você. no passe de mágica da virada deste ano, dei conta disso. não no primeiro dia do ano. mas depois. estou impressionada comigo mesma.

e, logo em seguida, devolveram-me uma das minhas mulheres. ou ela simplesmente acordou. tal como a bela adormecida. salvação. a vida.

P.S.: a primeira sentença deste fragmento estava nos rascunhos de 2016. eu não terminei de escrever naquele tempo.